quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Sete de setembro, ora física

Depois que pegaram no meu pau-brasil, esta terra jamais foi a mesma. Aqui chegaram diversos grupos étnicos: europeus de toda ordem imaginável, gente do oriente médio e alguns asiáticos. Só não vieram negros. Não os vejo por aí. Digo, eu até os vejo, mas há quem não os Veja.
Depois que sugaram o meu pau-brasil, aqui, na terra em que se plantando tudo dá, deu no que falar: falamos de tudo, desde a gordura do gorducho, os dentes do dentuço, a CNH do mascarado, da mesadinha política e da farra de fevereiro. Só não se fala de quem fala.
Depois que se empalaram no meu pau-brasil, confundiu-se fatos, atos e boatos. Boatos que também (e tão bem) se plantam, atos falhos e fatos inusitados. Tudo genérico e mais caro. É, meu caro. Então, entoamos a canção que chamo de "Nó suíno":

Ou vimos do Ipiranga, à margem
clássicas
deu um povo herói cobrado entumbante
E o aerosol do spray tomou a liberdade
em raios fugidios
e brigou no seu, a Pátria deslisante

Foi pro penhor da Caixa
a nossa igualdade
e conseguimos conquistar a bela mulata
em teu seio, sugo e me lembuzo
e desfio e desenfio o desafio da própria sorte

Ó pata brada, pataquada sorve sorve
enterra do nada
é uma lástima que perdure a macaquice
que te desmanchem como um brinquedo de montar
que te entreguem como bolo em banquete
Ainda assim, és mãe gentil
pra quem te destrói, o covil.

2 comentários:

Mulher Indigesta disse...

A pataquada me faz rir. BOm o post. Não te falei que ia tocar "eu te amo, meu Brasil" na hora cívica, hoje? Então, até filmei pra não me chamares de mentirosa. O pau Brasil foi uma ótima ideia. É um assunto grato a todos (e a todas, principalmente). Ontem os aluninhos estavam fazendo esse trocadilho de "hora física", por isso, concluo que tens idade mental de 12 anos...
Felicidades pelo centenário.

otário disse...

Acho que o "bom" que referes é ao pau-brasil.
De qualquer forma, fico feliz em voltar a ter leitores e leitoras, como diz a moda atual.
E quanto a ter idade mental de 12 anos, isso só ocorrerá daqui uns 6 anos.
Obrigado pelas saudações. Centenário sempre é algo a comemorar mesmo.